segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Agora parece que as coisas acalmaram mais. "coisas"! Que coisa! Falamos coisa para definir qualquer coisa. Então, que a coisa fique assim como está. Não precisa mudar.
Estou com saudades do meu blog, aquele de mocinha queixosa. Quem sabe eu não dou um pulinho lá?
Vou, vou já.
Não fui, amarelei.
Acabei vindo e vou ficar porque aqui é o meu lugar, se não é ainda, vai ser.
A minha presença aqui vai ter que ser significativa, pois não estou afim de gasta minha energia sem realizar trabalho, como diz as leis da física.
Pois é, minha história é carregada de dilemas que me faz ficar em cima do muro.
Hilariante,  foi a resposta ao estímulo que a menina acabou de sentir.
A sensação esperada , dependendo da intensidade, pode ser dor, calor, agulhada forte, formigamento, pressão etc. mas essa de rir é a melhor de todas.
Dependendo da pressão, no caso agora, pressão psicológica, que eu venho sentido vou ter que relaxar para não me estressar muito.
Mas, entretanto, porém, todavia, contudo, kkk, tá tudo bem.
A maneira de escrever hoje em dia mudou muito com a introdução dos "emotions", para facilitar pra uns e dificultar pra outros, a maneira de se expressar.
Tenho que revisar o que eu acabei de escrever, pois este texto ficou como uma coxa de retalhos.
Porra! Tão querendo me intimidar mais uma vez mas agora eu não vou ceder. Já sou um pouco tímido e facilmente me influencio com as pessoas quando "rosnam" pra mim.
Sinto muito mas agora tenho que ir.


Nenhum comentário: